História & Geografia

.posts recentes

. Vila Nova de Famalicão - ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Abril 2016

. Agosto 2015

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Dezembro 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2009

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Vila Nova de Famalicão - aspectos histórico-geográficos

                 

                                                                            Cidade de Famalicão

Relativamente à sua localização, Vila Nova de Famalicão encontra-se na província do Minho, no distrito e arquidiocese de Braga, é sede de concelho e de comarca, encontra-se em terreno plano a 88 metros de altitude num importante nó rodoviário que a liga ao Porto, a Braga, a Barcelos, a Guimarães, à Povoa de Varzim e a Santo Tirso.(1) Tanto a nível rodoviário como a nível ferroviário Vila Nova de Famalicão é uma povoação com uma excelente situação topográfica(2), o que a torna importante pois é um ponto de passagem obrigatória tanto hoje como no início do século XX já o era. Quanto à historia de Vila Nova de Famalicão, pode-se dizer que D. Sancho I no dia 1 de Julho de 1205 deu foral aos que haviam de povoar o seu reguengo de Vila Nova(3).Mas alguns autores referem que a povoação hoje denominada Vila Nova de Famalicão já era, nos alvores da nacionalidade portuguesa, sede administrativa e judicial da terra de Vermoim, de quem alias foi até ser concelho, cabeça de julgado, herdando-lhe o território (4). Uma certa tradição pretende, sem fundamento, encontrar a origem do nome da terra Famalicense num imaginário personagem histórico chamado ""Famelião", que ao fixar-se aqui, no tempo dos condes de Barcelos, terá aberto uma taberna conhecida por: "Venda Nova de Famelião..."(5).Ter-se-á que esperar pelo censo de 1527 para aparecer pela primeira vez a referência a "Vila Nova de Famyliquam", embora em 1307 já se fale nas chancelarias de D. Dinis em "Fhamelicam"(5).Mas é sobre o reinado de D. Maria II, que a povoação se elevou á categoria de Vila, o que se lê na carta de 10 de Julho de 1841.

A partir de meados do século XIX, depois da refundação do concelho e com a abertura da estrada Porto - Braga em 1875, Famalicão entra numa fase de grande desenvolvimento. Constroem-se edifícios públicos, como o Hospital da Misericórdia (1878), e os Paços do Concelho em 1881 e erguem-se "edifícios particulares luxuosos"(*)
com capitais vindos do Brasil, de que é exemplo o "Palacete do Barão da Trovisqueira" *

É nessa época que começam a instalar-se na vila e no concelho, fábricas e oficinas, são os casos da fábrica de relógios "A Boa Reguladora" em 1895, da Tipografia Minerva em 1886 e das fábricas têxteis em Riba de Ave, freguesia pertencente ao concelho de Vila Nova de Famalicão. Das fábricas de Riba de Ave posso referir a primeira a ser instalada que foi em 1890 pelo Barão da Trovisqueira, em 1896 a Sampaio Ferreira fundada por Narciso Ferreira, que se tornou no maior industrial português no ramo da indústria têxtil.

Liderando um dos pólos de desenvolvimento do Vale do Ave, com uma área de 209 k m2 e cerca de 129 000 habitantes, o concelho de Vila Nova de Famalicão possui um tecido industrial, que aposta na reconversão tecnológica, apoiada por instituições de investigação científica, pela permanente capacidade inovadora da classe empresarial, Vila Nova de Famalicão apresenta uma intensa actividade nos sectores como o têxtil e o vestuário, as carnes e a alimentação, a electrónica e a metalomecânica, a construção civil e os serviços são exemplos significativos do dinamismo empresarial do concelho e que marcam a evolução económica da região. http://historigeo.blog.com

(1) Guia Turístico de Portugal de A a Z - Lisboa, Circulo de Leitores - 1990.

(2) SILVA, José Casimiro da - Vila Nova de Famalicão e seu Termo, Vila Nova de Famalicão - 1968.

(3) VIEIRA, J. A. - O Minho Pitoresco - Lisboa, Ed. Lisboa - 1887.

(4) Vila Nova de Famalicão, Roteiro Turístico, Câmara Municipal.

(5) VIEIRA, J. A. - O Minho Pitoresco - Lisboa, Ed. Lisboa - 1887.

*Alguns dados retirados do "Atlas de Investimento do Vale do Ave"

** CARNEIRO, Eduardo Manuel Santos (1997) -"Actividades Sócio-Culturais, Comerciais e Personalidades de V. N. Famalicão no início do século XX", Boletim Cultural nº 14, V. N. Famalicão, 1997.

by HistoriGeo-Famalicão  

 

www.eduardocarneiro.blog.com

 

 

tags:
publicado por EduardoSantosCarneiro às 20:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.favorito

. Alimentação em Portugal, ...

. Vila Nova de Famalicão - ...

. Famalicenses - Termas/His...

. Esmeriz - Vila Nova de Fa...

. Alberto Sampaio - Histori...

. Visconde de Pindella - S....

. Concelho de Vila Nova de ...

. Eduardo Santos Carneiro -...

. Arqueologia Industrial - ...

. Arqueologia Industrial - ...

blogs SAPO

.subscrever feeds